Blog destinado ao estudo, compilação e análise de Pegadinhas de concursos públicos

ATUALIZAÇÃO DOS SITES SOBRE PEGADINHAS

Esta é a versão antiga do Blog. A versão atual, muito melhor e mais completa foi incorporada ao nosso site oficial. 

O site oficial, www.pegadinhas-de-concursos.com.br passou a incorporar o conteúdo deste blog a partir de outubro de 2013. Você ainda poderá encontrar muita informação útil por aqui, mas com o tempo a tendência é que ela fique desatualizada.

No site oficial colocamos as mesmas explicações sobre o que é a Análise de Pegadinhas que se encontram aqui, porém de uma forma mais leve e didática, adaptada ao conteúdo online, com textos curtos, porém muito objetivos. Elas podem ser acessadas através dos menus, ou de algumas chamadas que foram estrategicamente colocadas na homepage.

Análises e comentários de questões de provas de concursos com e sem pegadinhas você encontrará no blog que se divide em duas partes, ambas podendo ser acessadas através dos menus da home: “Blog” e “Dicas Úteis” –  Cada uma funciona como um blog independente e em ambas você pode inserir os seus comentários.

Há ainda uma parte que está sendo desenvolvida com cuidado, e por isto, mais lentamente: as sessões que se referem ao que o concurseiro pode fazer para superar o segundo grande desafio de quem se prepara para um concurso: como lidar com os seus estados emocionais, já que o primeiro grande obstáculo são as pegadinhas propriamente ditas. Esses dois obstáculos são responsáveis pela totalidade das reprovações entre os candidatos bem preparados e que conhecem bem a matéria do edital.

A seguir, algumas curiosidade sobre o nascimento e a história da “Análise de Pegadinhas”


O Que é a Análise de Pegadinhas?
A Análise de Pegadinhas surgiu por acaso em 2001, devido a um fato que chamou a atenção de Eric Savanda. Ele sempre teve vontade de prestar um concurso público, mas nunca tinha feito inscrição para nenhum porque tinha grande dificuldade com Matemática e Raciocínio Lógico. Certo dia, ele viu um edital de um concurso para a Dataprev, a empresa de Tecnologia da Informação do Governo Federal.
.
Então ele decidiu inscrever-se porque eram exigidas apenas três matérias que ele conhecia e gostava muito. Português e Inglês, matérias das quais ele até já havia dado aulas e Informática, que não era a sua área de atuação, já que sua formação era mais voltada para as Ciências Humanas,  mas que ele adorava e que tinha transformado em um hobby.  Era uma matéria que ele estudava simplesmente por prazer.
.
Após fazer os exames e sem muita convicção de haver passado, ele foi surpreendido por um telegrama confirmando a sua colocação no certame. Ele havia sido classificado em 2º lugar disputando a vaga com outros 4.500 candidatos.  O mais incrível é que muitos desses outros candidatos eram profissionais de TI de longa data, muitos com certificações avançadas naquela área. A princípio ele não entendeu nada e atribuiu sua extraordinária colocação apenas à sorte.
..
Alguns meses depois, já trabalhando na empresa, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro, ele e dois outros classificados no mesmo concurso, resolveram reunir-se na biblioteca da empresa e analisar todas as questões da prova. E assim fizeram.
.
Acontece que os dois colegas do Eric eram profissionais experientes de TI, ambos graduados naquela área. No entanto, os dois tinham sido classificados depois da 70ª posição, pois a prova tinha sido realmente muito difícil.
.==========================================================

Foi aí que todos perceberam uma coisa interessantíssima: a extraordinária colocação do Eric deu-se em grande parte (fora por alguns chutes muito bem dados) porque ele acertara diversas questões com pegadinhas que seus dois colegas haviam errado. E isso aconteceu não apenas na prova de Informática, matéria nas quais eles eram “feras”. Mas também nas provas de Inglês e Língua Portuguesa.

Foi então que o Eric percebeu, pela primeira vez, como é importante, principalmente para quem sabe a matéria, para o candidato bem preparado, não se deixar iludir por uma questão capciosa e errar em um assunto que ele até domina muito bem.

Alguns anos se passaram. Ele já não estava muito satisfeito com o salário e sentia necessidade de novos desafios. Resolveu estudar para concursos da área judiciária.

Lembrando-se da importância de não cair em pegadinhas Eric começou a colecionar questões com armadilhas e salvá-las em seu computador. Chegou a ter quase duas mil questões gravadas em seu HD.
Inicialmente a ideia era conhecer o maior número possível de questões com pegadinhas de modo que quando uma delas ou bem parecida caísse em uma prova ele já estivesse familiarizado com ela.
==============

Só que de tanto analisar questões com armadilhas, uma após a outra, ele foi percebendo que existiam padrões identificáveis naquelas questões. Havia determinados tipos de pegadinhas que se repetiam, independentemente do assunto, ou até da disciplina. Certas estruturas, apesar da diferença de conteúdo, estavam sempre presentes não importa se a prova era de Informática ou de Direito Processual Civil.

Então ele começou não só a estudar as questões, mas também como elas eram montadas de forma a induzir o candidato a errar na resposta. Descobriu uma porção de coisas nas quais ninguém nunca tinha prestado atenção antes, simplesmente porque ao estudar uma disciplina, as pessoas em geral não fazem distinção entre questões com ou sem pegadinhas. E por isso acabam não percebendo a existências de padrões.

A partir dessa descoberta Eric foi capaz de identificar inicialmente 14 padrões que ele codificou na TCP ou Tabela de Classificação de Pegadinhas. Sempre que analisava uma questão com armadilha ele procurava identificar em qual desses padrões a armadilha se encaixava. Só que ele não parou por aí. Estava descobrindo tantas coisas novas e interessantes sobre as pegadinhas que sentiu a necessidade de criar conceitos e hipóteses de explicação até então inexistentes, sempre baseando-se na premissa de que as pegadinhas podem ser classificadas.

E assim surgiu a Análise de Pegadinhas.

O Reconhecimento da Comunidade

Eric lançou os seus dois primeiros livros “100 Pegadinhas de Direito Administrativo” e “100 Pegadinhas de Direito Constitucional” em 2009. Mas a editora que publicou inicialmente os seus livros não era conhecida entre o público concurseiro e a divulgação ficou limitada à Internet. Mesmo assim, os livros publicados por aquela editora hoje estão praticamente esgotados.

Com o tempo a importância da novidade chamou a atenção do mundo dos concursos e Eric já foi entrevistado duas vezes pela Folha Dirigida, pelo Programa do Concurseiro da Rádio Bandeirantes e já proferiu algumas palestras sobre o assunto. Mas a palestra na Academia do Concurso, em março de 2013 foi sem dúvida um marco no reconhecimento da AP (como ele costuma chamar a Análise de Pegadinhas), devido a importância e a fama dessa instituição entre os concurseiros cariocas.

.
.
PEGANEWS! – A Revista Eletrônica da Análise de Pegadinhas
Assine a PegaNews! A revista que traz todo mês questões de concursos com pegadinhas analisadas e comentadas, além de notícias atualizadas de grande interesse para o concurseiro.
Por que Assinar a PegaNews?

Outra grande vantagem de assinar a  PegaNews é que como a Análise de Pegadinhas é algo muito novo, os únicos livros disponíveis exclusivamente com questões com pegadinhas analisadas são de Direito Constitucional e Administrativo da antiga editora, Brasport, hoje quase esgotados e a nova edição que reúne ambos em um só título atualizado: “200 Pegadinhas de Direito Constitucional e Direito Administrativo” pela Ferreira.  O próximo título encontra-se pronto e será publicado ainda este ano.

A periodicidade da revista, como dissemos, é mensal. Quem lê gosta.  Quem gosta assina. Ainda mais que não paga nada.

NO MOMENTO AS ASSINATURAS ESTÃO TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS DEVIDO ÀS MUDANÇAS QUE ESTÃO SENDO EFETUADAS NOS SERVIDORES.

INÍCIO DO CONTEÚDO DESTE BLOG:

Você sabe quando uma questão de prova tem uma “pegadinha”?

É Preciso Entender as Pegadinhas! Tem muita gente séria, que rala e queima as pestanas estudando para prestar concursos públicos. Gente que investe, gasta dinheiro em cursinhos, compra livros e cursos em vídeo, faz exercícios simulados, resolve provas de concursos passados, etc.

São pessoas muito bem preparadas. Talvez você seja ou esteja a caminho de ser uma delas. No entanto, o número de candidatos bem preparados e capacitados e que conhecem muito bem as matérias sempre será muito maior que o número de vagas disponíveis. Se você considerar que todos os que estudaram e conhecem razoavelmente o conteúdo das provas são os que realmente estão no páreo, disputando as poucas vagas existentes, há de concordar comigo que deve haver alguma coisa, algum diferencial que favoreça aqueles que conseguem passar.Pois bem, existem dois grandes obstáculos no caminho dos candidatos que se manifestam exatamente no momento da prova:

Primeiro: O seu estado emocional.

Se no momento da prova o candidato bem preparado não estiver no estado emocional adequado, isto é, tranqüilo, relaxado e confiante há grande chances de acontecerem coisas desagradáveis, como pintar o temido “branco” na sua mente, perder a concentração, ficar nervoso e marcar respostas erradas, etc.É preciso principalmente fazer a prova com uma atitude de quem sabe que se está sim no páreo e que temos boas possibilidades de passar no concurso; mas também que se não passarmos, isso não será nenhuma tragédia, e sim uma experiência valiosa que nos colocará ainda mais perto da vitória nos próximos concursos que viermos a prestar.

Segundo: Saber enfrentar as pegadinhas

Autores, como o famoso William Douglas e alguns psicólogos já começaram a estudar o primeiro desses obstáculos oferecendo soluções bastante eficazes para superá-lo.Mas até agora, ninguém, mas ninguém mesmo, pensou em analisar a fundo a estrutura das pegadinhas e depois garimpá-las nas diversas provas de concursos até hoje realizados.Eu pensei nisso. Continue lendo e descubra!

Ferramentas e Estratégias

Os recursos a serem colocados à sua disposição para enfrentar as pegadinhas, estarão sendo disponibilizados aos poucos. São eles:

1 – O Site Oficial – O site oficial das pegadinhas funciona como um portal destinado a centralizar todas as informações sobre pegadinhas, links para os outros recursos, artigos, análise de sites úteis para os candidatos (e não apenas indicações ou trocas de links para atrair os robôs do Google e outros mecanismos de busca), e tudo o que estiver relacionado com as pegadinhas de concursos e possa facilitar a vida dos candidatos.

2 – Este blog – A finalidade do blog é principalmente divulgar a proposta da criação da Análise de Pegadinhas. Mas ele também pode ser usado como um canal de comunicação de modo que todos possam expressar sua opinião, dar sugestões, criticar, elogiar, enfim… fazer acontecer o debate. Este recurso já está Ativo.

3 –PegaNews! A revista eletrônica da Análise de Pegadinhas – Ao cadastrar-se gratuitamente, preenchendo de forma rápida um formulário simples, você passará a receber mensalmente questões com pegadinhas que apareceram em diversas provas nos mais variados concursos, minuciosamente analisadas e comentadas. (Assinaturas temporariamente suspensas para manutenção.)

4 – Twitter  – Siga-nos no Twitter

Eu ficaria muito honrado se você entrasse para essa comunidade e ajudasse a tornar conhecido o Projeto de Análise de Pegadinhas, melhor ainda se puder convidar outros colegas concurseiros para participar Para entrar acesse:

Outra função importantíssima do site é a de fornecer e-books gratuitos que poderão ser baixados pelos candidatos com informações relevantes.  O mais importante de todos é o e-book  “Pegadinhas de Concursos” onde estão explicadas as bases da Análise de Pegadinhas e a metodologia a ser utilizada na análise de cada pegadinha.

À medida que novas informações importantes, como por exemplo, a descoberta de uma nova estrutura usada pelas bancas para montar pegadinhas ou novidades como o ebook com pegadinhas da Língua Portuguesa, vão sendo identificadas, novas edições vão sendo criadas. Atualmente o e-book está em sua  3ª edição. Se você baixou uma versão anterior, baixe de novo para ler as novidades.

5 –Os LivrosFinalmente o último e mais prático dos recursos à disposição dos candidatos e infelizmente o único que não teremos condições de fornecer  gratuitamente são os volumes da série “100 Pegadinhas Analisadas e Comentadas”. São eles, inicialmente:

200 Pegadinhas de Direito Administrativo e Direito Constitucional

thumb_capa_const_admin

Já temos um novo volume pronto de Direito Civil, mas estamos aguardando o vencimento do contrato com a editora, para recuperarmos novamente os direitos autorais sobre os textos publicados e lançá-los por outra especializada ou quem sabe até mesmo sob a forma de ebooks a um preço muito mais accessível.  O primeiro já pode ser adquirido diretamente Aqui.

5 –O Portal do CandidatoO Portal do Candidato foi uma idéia que fui buscar, acreditem se quiser, em um site da Croácia. Trata-se de um recurso genial que resolve de um modo muito simples, uma grande necessidade dos candidatos.

Quem estuda para concursos públicos ao longo do tempo acaba colecionando em seus Favoritos dezenas e até mesmo centenas de links dos mais diversos tipos, geralmente relacionados a sites que de alguma forma vão ser úteis para a sua preparação.

O problema é que depois de um certo tempo, aquilo ali fica uma bagunça e torna-se quase impossível encontrar rapidamente um link, mesmo que tenhamos criados pastas para organizá-los, o que aliás, muito pouca gente costuma fazer.

Pois bem, os croatas inventaram um recurso maravilhoso que nos permite organizadamente armazenar centenas de links separados  por categorias que nós mesmos criamos.  Além disso,  se desejarmos, podemos compartilhar todo o portal ou apenas as categorias que nos interessam para que outras pessoas também possam utilizar os nossos links.

Resolvi então aproveitar esse extraordinário recurso e criar o Portal do Candidato, que nada mais é do que uma página já criada com as categorias e links mais relevantes para quem está se preparando para um concurso público.  Você pode usar o endereço do portal como sua página inicial ou criar um atalho para ele na sua Área de Trabalho do Windows. Usuários que conhecem bem o sistema operacional podem até colocar esse atalho na barrinha de Inicialização Rápida, na parte de baixo da tela.

Vocês já podem começar a usar essa facilidade. Basta acessar o Portal do Candidato no link abaixo:

http://my.aboogy.com/pegadinhas

Este recurso também já se encontra Ativo.

Abraços do…

Eric Savanda

 

Comentários em: "ATUALIZAÇÃO DOS SITES SOBRE PEGADINHAS" (11)

  1. Olá Eric,

    Sou moderador do Blog Exame de Ordem. Descobri seu blog e seu conceito sobre pegadinhas e gostaria de conversar contigo sobre uma parceria..

    Aguardo retorno.

    Abraços!

  2. Olá Eric! Muito obrigado pela sua visita lá no meu blog.
    Já atualizei a página e incluí sua sugestão.
    Tendo outras novidades é só postar o recado que irei atualizar.

    Obrigado!
    profedgar.

  3. Gouvêa Lobato disse:

    Prezado Eric, muito obrigado pelos elogios.

    Proponho a você parceria de troca de links no wordpress, caso tenha interesse entre em contato através do blog.

    Desejo sucesso no seu empreendimento!

    Abraços,

    Gouvêa Lobato

  4. Roni Costa disse:

    Olá Eric, muito rico o conteúdo do e-book “manual das Pegadinhas”, vi que você autoriza a distribuição. Tenho uma Fan Page voltada para Concursos, gostaria só de uma confirmação para que eu possa distribuir o E-book respeitando, claro, a sua política que é mante-lo intacto. Desde já agradeço pela atenção.

    • ericsavanda disse:

      Roni. Você pode distribuir sim. Só pediria que em vez de colocar uma cópia do Manual e colocar em algum lugar para as pessoas baixarem, desse o link diretamente da página oficial de download dele. Isso porque como ele de vez em quando é atualizado, se você não fizer assim, daqui a pouco poderá estar oferecendo uma versão desatualizada.

      O link para os seus fãs baixarem o Manual é este: http://bit.ly/1aZRKm5

      Mais, gostaria de conhecer a sua página. Você não informou na mensagem. Se você costuma usar email, podemos trocar ideias em particular. O meu é eric.savanda@yahoo.com

  5. Maria José Magalhães disse:

    Amei o Manual de Pegadinhas. Pena que não consegui me cadastrar na Revista . Super recomendado. Vou comprar os livros 100 pegadinhas de Direito Constitucional e 100 pegadinhas de Direito Civil.

  6. O que é mais pesado: um quilo de algodão ou um quilo de chumbo?

    R- pesam a mesma coisa, 1 kg

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 26 outros seguidores